• Aliviar a prestação da casa em tempo de crise

    Com a situação económica actual e a descida das taxas de juro que servem de indexantes aos créditos à habitação de taxa variável, as prestações mensais têm descido de forma considerável. Embora seja uma boa notícia para muitas famílias que viram o seu orçamento menos pressionado, assim como a taxa de esforço, existem mais opções de redução da prestação mensal do empréstimo que o cliente paga ao seu banco. Alargamento do prazo Se o cliente considera mais importante ter uma maior poupança no presente, alargar o prazo do seu empréstimo pode ser a solução. Desde Julho de 2008 que os prazos dos empréstimos podem ir até aos 50 anos com idade máxima de 80 anos do mutuário mais velho. Contudo, ao poupar agora o cliente tem que assumir que vai gastar mais no futuro, já que pagará mais juros decorrentes dessa sua dívida. Período de carência Nesta situação, o cliente […]

     
 
 
 

Comentários recentes