(Page 38)

  • Para que serve o crédito Habitação?

    Através do Crédito Habitação BPI pode financiar a aquisição de: – Habitação Própria Permanente; – Habitação Própria Secundária ou para Habitação para Arrendamento; – Garagens e arrecadações. Adicionalmente poderá ter acesso a: – Crédito para Troca de Casa; – Crédito para Adiantamento de Sinal; – Crédito para Adiantamentos em Fase de Construção; – Linha de Crédito Permanente.

     
  • Uma pessoa pode deixar de ser fiador?

    Quem aceitar ser fiador só poderá deixar de o ser se o banco concordar com a sua substituição. A fiança é uma garantia para a instituição de crédito, caso as obrigações contratuais não sejam cumpridas pelo devedor. O fiador passa a ser responsável por elas.

     
  • Posso transferir o meu crédito habitação para outra instituição?

    Sim. O cliente pode transferir o seu empréstimo para outra instituição de crédito a qualquer momento da vigência do contrato tendo apenas de avisar a instituição de crédito de que o pretende fazer com 10 dias úteis de antecedência. Também neste caso, a comissão a pagar à instituição de crédito não pode exceder o valor que correspondente a: 0,5% do capital que é reembolsado, no caso de contratos com taxa de juro variável, ou 2%, no caso de contratos com taxa de juro fixa.

     
  • Posso pagar parte do meu empréstimo à instituição de crédito?

    Sim. O cliente bancário pode amortizar parte do empréstimo em qualquer data de pagamento das prestações, avisando a instituição de crédito dessa sua intenção com pelo menos 7 dias úteis de antecedência. A instituição pode cobrar, no entanto, uma comissão máxima que corresponde: a 0,5% do capital que é reembolsado, no caso de contratos com taxa de juro variável; ou 2%, no caso de contratos com taxa de juro fixa.

     
  • Pode uma instituição recusar-se a conceder-me empréstimo?

    O acesso ao crédito à habitação está em princípio assegurado a qualquer agregado familiar, desde que o empréstimo se destine para aquisição, construção e realização de obras em habitação própria permanente, secundária ou para arrendamento, bem como para aquisição de terrenos para construção de habitação própria. Contudo, existindo liberdade contratual nas relações comerciais, o crédito à habitação é um acordo livre entre as partes, consumando-se apenas se ambos concordarem. A instituição de crédito não é pois obrigada a conceder o empréstimo.

     
 
 
 

Comentários recentes