Esta palavra vai surgir certamente muitas vezes no seu caminho, significa European Interbank Offered Rate, traduzindo, é a taxa de juro média à qual os Bancos do espaço euro vão emprestar dinheiro entre si. É uma das taxas utilizadas pelos Bancos como taxa de referência para o crédito habitação.

Mais precisamente, a Euribor define-se como uma média aritmética simples de todos os tipos de taxas diárias aplicadas, entre 48 entidades financeiras com um grande volume de negócios, para as operações cruzadas no prazo de um ano, no mercado dos depósitos interbancários na zona da UE, aproximadamente às 11.00 a.m. em Bruxelas, e com valor dos dias úteis em TARGET, calculados sobre a base de 360 dias. Destas operações cruzadas excluem-se os 15 valores extremos, claramente afastados da tónica geral do mercado.

Esta taxa é o indexante mais transparente, e que melhor reflecte as tendências do mercado, pois: baseia-se nas operações cruzadas dos principais bancos que actuam na União Europeia (UEM) e publica-se diariamente em todo o mundo. A título de informação, este índice é publicado no ecrã “Euribor” da Bridge Telerate e da Reuters.

Se a sua taxa de juro é baseada na EURIBOR é geralmente mais baixa do que as outras taxas de juro mas também mais volátil. Neste casovaria sem aviso e é alterada trimestral ou semestralmente. Se o mercado internacional oferece taxas de juro mais baixas do que a média portuguesa, poderá beneficiar porque a taxa de juro que está a pagar sobre o seu crédito também baixará.

Poderá encontrar mais informações sobre a Euribor no site oficial: www.euribor.org onde existe por ex um histórico da sua variação ao longo do último ano.

Se tiver um crédito habitação indexado à Euribor a 6 meses, nas revisões da taxa (a cada 6 meses) o banco faz a média da Euribor a 6 meses no mês anterior e aplica-lhe essa taxa, somando-lhe de seguida o spread.

 

Tags: